Laíce Cardoso, Advogado

Laíce Cardoso

Aracaju (SE)
25seguidores16seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Advogada, Pós-graduanda em Ciências Criminais
Advogada mineira, residindo em Sergipe, com um grande e profundo interesse no estudo de todas as áreas que abrangem o Crime, desde seus fatores sociais, até os forenses e os legais. No caminho de uma expertise em Direito Penal. Leitora compulsiva.

Verificações

Laíce Cardoso, Advogado
Laíce Cardoso
OAB 10.754/SE
PRO
Desde Setembro de 2017

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 50%

É o ramo do direito público dedicado às normas emanadas pelo Poder Legislativo para reprimir os d...

Direito Civil, 50%

É o principal ramo do direito privado. Trata-se do conjunto de normas (regras e princípios) que r...

Correspondência Jurídica

Serviços que realizo como correspondente jurídico
Peças
Exame de processos
Audiências
Conciliação
Consultas

Comentários

(165)
Laíce Cardoso, Advogado
Laíce Cardoso
Comentário · há 8 dias
@davidfont2016 feminista e femista são coisas diferentes. feministas buscam a igualdade e equidade, para equilibrar e beneficiar os sexos de forma a abolir papeis limitantes de gênero e estereótipos nocivos, entre eles o que homens não podem ser estuprados, ou que homens são obrigados a prover no lar. Femistas querem inversão de poder.
Laíce Cardoso, Advogado
Laíce Cardoso
Comentário · há 8 dias
e outra @davidfont2016, quem criou esse conceito de macho, foram os próprios homens, que se estereotiparam para não serem de forma alguma ligados a características que eram "femininas", como emotividade, sensibilidade e possibilidade de abuso.
Laíce Cardoso, Advogado
Laíce Cardoso
Comentário · há 8 dias
nao, @davidfont2016, meu choque não é quanto à possibilidade (óbvia) de homens serem abusados e estuprados, o meu choque advém da (falta de) lógica de homem abortar.

Sou completamente contra o conceito errado de que homens tem que ser supermans, afinal se defendo a igualdade, devo defender a vulnerabilidade de todos os indivíduos e a defesa dos mesmos. sou contra expor homem ao ridículo, sou contra hiperssexualização masculina, sou contra tudo aquilo de homem ter que reprimir emoções, todo o conceito de "macheza" é completamente tóxico para os próprios homens, por sofrerem tanta repressão, para serem rochas sólidas.

Homem pode ser estuprado, claro, e o (a) estuprador (a) deve ser levado à Justiça e punido (a).

Agora homem abortar? Meio inconcebível.

Perfis que segue

(16)
Carregando

Seguidores

(25)
Carregando

Tópicos de interesse

(30)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Laíce
(79) 3231-24...Ver telefone
Rua Antônio Andrade, nº 1248 - Aracaju (SE) - 49025330

Laíce Cardoso

Rua Antônio Andrade, nº 1248 - Aracaju (SE) - 49025-330

(79) 3231-24...Ver telefone

Entrar em contato